• Por IPC

Escoliose Sindrômica II


https://ocp.news/colunista/bruno-francisconi/voce-conhece-as-causas-da-escoliose

Diagnóstico

Quando uma criança é diagnosticada com uma síndrome que pode estar associada ao desenvolvimento de escoliose, o diagnóstico e acompanhamento devem se iniciar de maneira precoce.

Exames físicos, bem como de raios-x devem ser realizados regulamente para acompanhamento da evolução do quadro.

Prognóstico

Dada sua natureza, as curvaturas escolióticas sindrômicas tendem a apresentar evolução com progressão imprevisível.

A avaliação e acompanhamento com o pediatra e especialista em coluna deve ser contínua e caso se constate que há progressão demasiada da escoliose a abordagem cirúrgica deverá ser realizada.

Tratamentos

• Coletes e Órteses – Tratamentos conservadores que visam desacelerar a progressão da curvatura escoliótica. Em alguns casos conseguem fazer com que o tratamento cirúrgico se evitado.

• Cirurgia – Realizada por via posterior, na maioria dos casos, tem como objetivo de reduzir/corrigir a curvatura escoliótica. Devido a sua extensão e Invasividade é utilizada apenas em quadros onde há progressão exacerbada da escoliose.

https://www.srs.org/patients-and-families/conditions-and-treatments/parents/scoliosis/syndromic-scoliosis



Sugestões de leitura: https://www.patologiadacoluna.com.br/blog/search/escoliose

https://www.patologiadacoluna.com.br/p…/escoliose-sindrômica


#scoliosis#colunavertebral#spine#ipc#patologiadacoluna#colunalombar#dornascostas#escoliose#dorlombar#institutopatologiadacoluna#escoliosesindrômica

10 visualizações